Explorar

/
/
/
Varejo da construção sofre pouco com pandemia

Varejo da construção sofre pouco com pandemia

Navegação Rápida

Varejo da construção sofre pouco com pandemia e tem projeção de crescimento em 2021

As dificuldades impostas pela pandemia trouxeram significativas perdas a muitos setores da economia, mas este não foi o caso do varejo de materiais de construção. Enquanto shoppings, academias, bares, restaurantes e vários segmentos tiveram que fechar as portas no Brasil, a atividade de comércio de material de construção foi colocada na lista das atividades consideradas essenciais.

Isso ocorreu porque as lojas do setor foram consideradas determinantes para reparos emergenciais e de manutenção das residências, além de serem imprescindíveis para outros segmentos, a exemplo de clínicas, supermercados e farmácias. Beneficiou o setor também o fato de o isolamento social, com as pessoas economizando em turismo e lazer, incentivar as reformas residenciais.

Passando mais tempo em casa, ou tendo de fazer adaptações em função do home office, as famílias passaram a valorizar mais o lar e classificar pequenas reformas como algo importante e não supérfluo. Para ajudar, a taxa de juros baixa, somada a um déficit habitacional crescente nos últimos anos, também tem motivado a demanda por manutenções e reformas.

Segundo dados da Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo de São Paulo (Fecomercio SP), o setor de materiais de construção e o de lojas de móveis e decoração registraram índice de crescimento na casa dos dois dígitos: construção civil com alta de 19,8% e faturamento de 67 bilhões em 2020 (17 bilhões a mais do que a média anual de 2015-2019) e móveis e decoração com alta de 13,5% e faturamento de 13,2 bilhões em 2020 (2,8 bilhões a mais do que a média anual de 2015-2019).

 

Projeções para 2021

O mercado de material de construção segue aquecido em 2021, com planos de crescimento em torno de 6% a 8%. Esta é a previsão do Sindicato do Comércio Atacadista, Importador, Exportador e Distribuidor de Material de Construção e de Material Elétrico no Estado de São Paulo. Já a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) é mais modesta e prevê que o varejo de material de construção tenha bons resultados no decorrer deste ano, com projeção de alta de 4% no faturamento.

Segundo os dados da última Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada pelo IBGE, no comércio varejista ampliado, o segmento de material de construção registrou aumento de 17,9% no volume de vendas no mês de fevereiro em relação a janeiro deste ano. No primeiro mês de 2021, a alta foi de 11,1% na comparação com o mês anterior. Esse foi o nono mês seguido que o setor apresentou alta, que vem acontecendo desde junho de 2020. No acumulado dos últimos 12 meses, a aceleração ficou em 13%.

 

Crescer, sim. Relaxar, jamais

Os números falam por si só, mas para sobreviver ao mercado e colher os frutos deste crescimento é preciso ser competitivo e investir na experiência de compra do consumidor. Com cerca de 140 mil lojas de materiais de construção no Brasil, de acordo com a Associação Nacional dos Materiais de Construção (Anamaco), ganhar a preferência das pessoas é cada dia mais difícil. Para que seja possível se destacar no meio dessa concorrência, é preciso investir na comissão de frente da loja: os vendedores.

A aposta para cativar o consumidor é a venda assistida nas lojas. Para se ter uma ideia, a conversão de venda é de 90% apenas por uma abordagem simpática e adequada. Outro dado aponta que 25% das reclamações dos clientes estão relacionadas à falta desse atendimento, ou à presença de vendedores sem conhecimento sobre os produtos que estão vendendo. Entrou na loja, tem que comprar, essa é a regra.

 

Redes sociais e relacionamento

Com a pandemia, muitas lojas também se reinventaram e diversificaram os canais de atendimento, passando a vender on-line e pelas mídias sociais, o que deve continuar pós pandemia. A presença nas redes sociais também é uma aposta para 2021. No Google, a palavra material de construção é a quinta mais pesquisada. Já o termo material de construção aparece na 56ª posição, o que mostra a relevância da pesquisa pelo setor na internet.

Lembre-se: as redes sociais são fundamentais para o relacionamento com o público. Grande parte da população brasileira está ativa neste ambiente, portanto, ignorar esse número de usuários não é estratégia recomendável. É mais fácil encontrar as pessoas onde elas estão, do que levá-las para outro local. Tão importante quanto estar nas redes sociais é descobrir onde estão os potenciais clientes da sua loja. Não adianta investir em todas as redes, sendo que os consumidores podem não estar em todas elas.

Por isso, o marketing digital é essencial para aumentar a visibilidade de qualquer negócio em seu mercado de atuação. O objetivo principal das estratégias nas mídias sociais é converter o cliente para um contato direto com a empresa. Seja pelo site, WhatsApp comercial ou o endereço físico de sua loja de material de construção, é importante redirecionar os clientes até algum canal de atendimento onde possam tirar dúvidas ou reservar algum produto.

Pesquise, avalie e compreenda o cenário no qual está inserido para poder colocar em prática ações a atitudes que alavanquem os lucros de seu negócio. Cresça com inovação, competitividade e mantenha excelente relacionamento com seus clientes. Lembrando-se sempre que este bom relacionamento tem a ver não somente com simpatia no atendimento, mas também com infraestrutura e automação. E neste último quesito, você sabe que sempre pode contar com as soluções da Sweda.

[ssba-buttons]

[vc_row top=”0px” bottom=”0px”][vc_column][vc_raw_html]JTNDZGl2JTIwcm9sZSUzRCUyMm1haW4lMjIlMjBpZCUzRCUyMmZvcm11bGFyaW8tYmxvZy1uZXdzbGV0dGVyLTM4MjI3ZjhiNmE1ODY2MzViODk5JTIyJTNFJTNDJTJGZGl2JTNFJTBBJTBBJTNDc2NyaXB0JTIwdHlwZSUzRCUyMnRleHQlMkZqYXZhc2NyaXB0JTIyJTIwc3JjJTNEJTIyaHR0cHMlM0ElMkYlMkZkMzM1bHV1cHVnc3kyLmNsb3VkZnJvbnQubmV0JTJGanMlMkZyZHN0YXRpb24tZm9ybXMlMkZzdGFibGUlMkZyZHN0YXRpb24tZm9ybXMubWluLmpzJTIyJTNFJTNDJTJGc2NyaXB0JTNFJTBBJTBBJTNDc2NyaXB0JTIwdHlwZSUzRCUyMnRleHQlMkZqYXZhc2NyaXB0JTIyJTNFJTIwbmV3JTIwUkRTdGF0aW9uRm9ybXMlMjglMjdmb3JtdWxhcmlvLWJsb2ctbmV3c2xldHRlci0zODIyN2Y4YjZhNTg2NjM1Yjg5OSUyNyUyQyUyMCUyN1VBLTg5ODYwMDgxLTElMjclMjkuY3JlYXRlRm9ybSUyOCUyOSUzQiUzQyUyRnNjcmlwdCUzRQ==[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe esta notícia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Newsletter

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da Sweda.

Posts relacionados