Explorar

/
/
/
Jornada de compra em lojas físicas: como a automação pode melhorar essa experiência

Jornada de compra em lojas físicas: como a automação pode melhorar essa experiência

Navegação Rápida

Assim como no varejo online, a jornada de compra em lojas físicas exige que o cliente esteja em primeiro lugar na hora de traçar estratégias de vendas. Todo esse processo compreende o caminho percorrido desde o primeiro contato com a marca até o pós-venda.

Em um varejo acirrado, pensar em ações para melhorar essa jornada é importante para o negócio não perder clientes. Por exemplo, a automação comercial permite autonomia e facilidade ao cliente, aumentando as chances de ele se tornar um propagador da marca — e isso pode ser aplicado no varejo físico. 

Saiba mais nos próximos tópicos! 

 

Conhecendo a jornada de compra em lojas físicas

‌Jornada de compra é o processo que um consumidor passa desde o momento em que identifica uma necessidade ou desejo de adquirir um produto/serviço até a conclusão da compra. É um modelo que descreve as etapas que um cliente em potencial percorre ao decidir comprar algo.

A jornada de compra pode ser dividida em diferentes etapas, que variam dependendo do tipo de produto ou serviço, do público-alvo e de outros fatores. Além disso, o cliente pode pular uma etapa, pois o processo obrigatoriamente não é linear: 

  • aprendizado e descoberta; 
  • consideração da solução;
  • decisão de compra.

 

Como o processo ocorre em lojas físicas 

A jornada de compra em uma loja física pode ser dividida em algumas etapas semelhantes às da jornada de compra online, mas com algumas diferenças importantes.

 

Reconhecimento do problema ou da necessidade — O cliente pode ter identificado uma necessidade ou um problema antes de entrar na loja física. Além disso, pode ter sido atraído pela vitrine por alguma publicidade da loja.

 

Aprendizado e descoberta — Uma vez na loja, o cliente começa a pesquisar e descobrir informações sobre os produtos ou serviços que chamaram sua atenção. Isso pode envolver tocar, experimentar, examinar a embalagem ou pedir ajuda a um vendedor.

 

Consideração das opções — Após coletar informações sobre os produtos ou serviços disponíveis, o cliente avalia as opções.

 

Decisão de compra — O cliente avalia opções, e caso esteja satisfeito com a informação coletada, ele decide efetuar a compra.

 

Pós-venda — Após a conclusão da compra, o cliente pode ser convidado a dar feedback ou receber informações sobre a compra/loja. Afinal, a jornada não acaba depois da venda, porque é preciso fidelizar esse cliente.

 

Em uma loja física, a experiência do cliente é mais imediata e tátil, e a interação com os vendedores pode ser mais importante na decisão de compra. 

 

Inovação do varejo: tendências no mercado brasileiro

 

Automação comercial e jornada de compra em lojas físicas

Automação comercial é a utilização de ferramentas e abordagens para automatizar tarefas operacionais e estratégias em uma empresa. A partir disso, é possível padronizar processos, otimizar tarefas e proporcionar diversos benefícios para o estabelecimento varejista. 

Assim como nas lojas online, é preciso utilizar a automação comercial para otimizar a jornada de compras em lojas físicas e cativar o cliente. E, ao longo dos anos, isso foi feito de diversas maneiras. Se antes os supermercados realizavam todo o checkout manualmente, hoje é possível utilizar equipamentos para finalizar e otimizar esse processo. 

Consequentemente, o PDV otimizado ajudou a reduzir o tempo de espera do cliente para finalizar a compra, contribuindo para a fidelização do consumidor e para torná-lo propagador da marca. 

Mas, não é apenas na etapa de venda que a automação comercial em loja física pode ser útil ao negócio, afinal, o pós-venda é tão importante quanto. O cliente deseja ser ouvido pela marca, para acompanhar pedidos, fazer reclamação ou elogios. Nesse caso, é importante que o estabelecimento tenha atenção ao suporte oferecido. 

Já pensou como seria utilizar tecnologia para impactar o público com promoções ou lançamento de novos produtos em períodos oportunos? Sim, isso pode ser feito por meio da automação comercial em loja física de maneira parecida como acontece no online. Basta que o setor de estratégia análise dados dos clientes para criar campanhas de sucesso. 

Para inseri-la no estabelecimento físico, o dono do negócio poderá instalar terminal multimídia, equipamento bastante utilizado em espaços com grande circulação de pessoas. Mais adiante, você conhecerá o produto para automação comercial da Sweda voltado para essa finalidade.

 

Como aplicar automação comercial na jornada de compra em lojas físicas

‌A automação de processos de compra pode simplificar a experiência do cliente e reduzir o tempo necessário para concluir uma compra.‌

  • Ouvidoria/ atendimento ao cliente

Ao ter um ouvidoria à disposição, o cliente supõe que a marca é séria e que está atenta às demandas do público. Mas, em vez de oferecer papel e caneta, é possível utilizar automação comercial em lojas físicas ao instalar equipamentos digitais que possam executar essa função.  

Com isso, é possível receber as ocorrências, analisá-las e propor soluções para sanar eventuais problemas apontados. Tudo isso de forma mais rápida do que a realizada manualmente. Além disso, a pesquisa de satisfação ajuda o negócio a entender qual a percepção do público presente à marca.

 

  • Seleção de produtos em lojas físicas 

A automação pode ser usada para ajudar os clientes a encontrar produtos com mais facilidade. Por exemplo, os clientes podem usar quiosques de autoatendimento para localizar produtos ou leitores de código de barras e terminais de consulta para verificar preços e obter informações adicionais sobre os produtos.

 

  • Check out em loja física

No processo de compra: a automação pode ser usada para tornar o processo de compra mais rápido e eficiente. Por exemplo, os clientes podem usar PDVs automatizados para pagar suas compras sem a necessidade de interagir com atendente de caixa.

 

Benefícios da automação comercial na jornada de compra em lojas físicas

A automação comercial traz diversos benefícios para a jornada de compra em lojas físicas. Confira!

  • Maior eficiência no processo de compra, diminuindo o tempo de espera em filas;
  • A automação comercial elimina a possibilidade de erro humano, resultando em transações mais precisas e consistentes;
  • Com a automação comercial, os clientes podem esperar uma experiência de compra mais rápida e fácil, o que pode aumentar a satisfação e fidelidade;
  • A gestão de estoques ajuda o varejista a gerir melhor o estoque, garantindo que os produtos estejam disponíveis quando os clientes desejarem;
  • Personalização da experiência do cliente com base em dados de compra anteriores, oferecendo recomendações personalizadas.

 

Veja também: Como impulsionar seu negócio com serviços de automação comercial

 

‌Conheça as soluções de automação comercial Sweda

A seguir, conheça dois equipamentos de automação comercial que podem ser instalados em loja física.

 

‌Terminal multimídia ECD-90

O novo terminal multimídia ECD-90 da Sweda é uma solução inovadora que irá revolucionar a maneira como os clientes do seu negócio consultarão preços. Isso porque, além de suporte para esse processo, o equipamento poderá ser usado para outras finalidades:

  • Pesquisa de satisfação
  • Sorteio
  • Indicação de produtos relacionados
  • Exibição de propagandas com vídeos
  • Informação

 

Ou seja, em apenas um equipamento, é possível ter diversos recursos tecnológicos que facilitam a experiência de compra do cliente, aumentando as chances de aumento do ticket médio e fidelização. 

Além disso, tem suporte à fala, ou seja, as informações são apresentadas também em forma de áudio, tornando o estabelecimento acessível para clientes com deficiência visual.

 

Terminal de autoatendimento Smart Self

A solução 3 em 1 de automação comercial sweda pode ser usada como autoatendimento, self order ou self checkout. Assim, o estabelecimento terá diversas opções variadas para melhorar a jornada de compra em lojas físicas, por meio da otimização do atendimento. 

O equipamento pode ser instalado em todos os segmentos do varejo, independentemente do porte da empresa. Uma das vantagens do Smart Self é a redução de filas e tempo de espera do cliente, contribuindo para maior experiência e agilidade na compra.

 

Sweda: 90 anos de experiência

A Sweda é uma das maiores referências em automação comercial no Brasil. A prova disso são os 90 anos de história, comemorados em 2023. Durante esse tempo, a empresa acumulou expertise e prestígio na produção de soluções para o varejo, reconhecida pelo alto padrão de qualidade e avanços tecnológicos. 

Em quase 100 anos de história, a Sweda conquistou o mercado nacional, sendo a única marca de equipamentos de varejo no Brasil, presente desde o lançamento da primeira máquina registradora mecânica aos modernos terminais de autoatendimento PDV.

Quer levar à inovação para melhorar a jornada de compra dos clientes do seu estabelecimento? Entre em contato e peça um orçamento.

Compartilhe esta notícia

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Newsletter

Assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades da Sweda.

Posts relacionados